quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Lamento do poeta.

Por que o poeta tem que sofrer?
Por que o poeta tem que chorar?
Por que o poeta tem medo de dizer?
Mas não tem medo de amar?

por que a tristeza é sua companheira fiel?
e o amor seu inimigo mais cruel,
e a felicidade a todo instante, 
parece cada vez mais distante.

Como pode ser bom o amor?
Algo que ate sua rima,lembra a dor.
Mas,sem todo esse sofrimento,
desse não compreendido sentimento

Nada faria sentido,
pois tudo isso esta envolvido,
em uma perfeita harmonia,
sem a qual, jamais nasceria esta poesia.

Autoria: Ademir Lemos Júnior

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

ESPECIAL - Nós podemos voar!


Boa noite galera,estamos aqui....de novo!!rs
Não esperem que eu mantenha o pique...mas desde 2011 que eu não publicava nada,e antes era uma postagem por mês. Então podemos dizer,que estou correndo atrás do prejuízo. hehehe

Indo direto ao assunto..... Em uma das minhas ultimas postagens, falamos sobre Sonhos. E gostaria de falar ainda sobre isso,e também sobre superação!
Todos nós temos sonhos. E alguns desses sonhos consideramos impossíveis,de serem alcançados. Mas,o fato é,que na maior parte das vezes,constatamos isso sem nem ao menos ter tentado,nos mover em direção a esses sonhos. Nossos olhares de adultos,olham para os sonhos,e enxergam uma luta perdida,e que lutar por isso,é nadar contra a correnteza,e afirmam que é perda de tempo tentar.
Enquanto nosso ''olhar de menino''(a),nos diz,que apesar de tudo,podemos conseguir.Que basta Tentar!
Por uma auto-defesa a maioria das vezes,preferimos olhar para situação com o ''olhar de adulto'',na pífia tentativa de se proteger da dor. Da certeza de que aquele sonho,não pode mais ser realizado.
Mas a verdade é que acabamos convivendo com o pequeno,porém constante sofrimento da dúvida. Para não enfrentar a dor maior da certeza. E isso aprisiona a alma!
Todos nós somos como pássaros, e por isso já nascemos com o dom de voar! Mas para voar,teremos sempre duas opções. Olhar para o céu,ou olhar para o chão....se o pássaro escolhe olhar para o chão,ele nunca vai ter coragem de alçar voo. Mas se ele olha para o céu,não perde o foco,sobre o seu alvo. E realiza arte para qual Deus o criou. Voar. Assim como Deus criou os pássaros para voar,e se não o fazem estão ido contra sua essência. Assim também Deus nos criou,para que alcançássemos nossos Sonhos! Essa é nossa essência!
E só quem pode nos impedir de alcançar o que queremos,somos nós mesmos! É como dizem: O medo é psicológico.
E parafraseando Einstein. Tudo é relativo! E depende do seu ponto de vista.... O pássaro tem duas opções: Olhar para o céu ou para baixo....Você também tem duas opções. Olhar para seus Sonhos,ou para as dificuldades.
A vida não depende fatores externos. No final das contas,sempre somos nós que decidimos: Lutar ou ceder,desistir ou continuar.....

Sabe o que também estimula o pássaro a alçar voo? Ver que outros pássaro já alcançaram o céu. Eis alguns pássaros que mudaram a história do mundo.
Pois voaram,mais alto do que outros pássaro tiveram coragem de chegar :
Gabrielle Andersen
Maratona feminina de Los Angeles 1984

Essa mulher emocionou o mundo. Sua superação elevou a outro patamar o chamado espirito Olímpico. Foi a primeira maratona feminina em Olimpíadas .Antes da corrida,os médicos diziam que as mulheres não iriam conseguir completar a prova.
Era a ultima Olimpíada de Gabrielle,pois já tinha 39 anos. E por isso ela decidiu que precisava completar aquela prova.
Gabrielle não foi a ultima,mas também não foi a primeira naquela maratona. No entanto poucos sabem quem foi a primeira colocada. Mas todos sabem quem foi Gabrielle Andersen.  Ela mostrou que para ser campeão, não é necessário superar outros adversário.  
Somos campeões quando superamos a nós mesmos! Como eu disse,não são fatores externos que determinam nossa vida. Sempre somos nós que decidimos.




Esse anônimo protagonizou uma das imagens mais lindas e marcantes da história. Sozinho, enfrentou 5 tanques e venceu. Ele foi retirado do local e nunca mais foi visto. E os tanques avançaram. Mas,ele cumpriu sua missão. Virou simbolo da paz. Ele sabia qual seria seu destino. Um dia antes,o governo,já havia matado centenas de estudantes rebeldes.
Mas o sonho de paz desse anônimo, era mais importante que sua própria vida. Não podemos afirmar que foi graças ao exemplo dele. Mas coincidência ou não,naquele mesmo ano o mundo experimentou um verdadeiro terremoto politico. 
No ano de 1989,este foi um momento marcante. No mesmo dia, as eleições na Polônia davam a vitória à oposição pró-democrática. Ainda nesse ano o mundo iria ver a queda do muro de Berlim e, no início do ano seguinte, a libertação de Nelson Mandela.(fonte:<http://noticias.sapo.pt/especial/magazine/997871.html>

Diego Frazão Torquato - Diego do Violino
( 1997-2010)



O que falar desse menino?superação? Essa palavra é muito vaga para descreve-lo...conheci sua história a pouco tempo. E  até me arrependo de não ter conhecido antes. 
Mesmo tendo vivido tão pouco,é um dos maiores exemplos desse Brasil. Teve a vida cercada por violência,criminalidade e marcada por doenças. Venceu tudo isso. Ganhou notoriedade,quando tocou no enterro de Evandro João da Silva. Seu mentor e líder do grupo afroreggae. Onde tocou emocionado,seu violino e fez todo Brasil também se emocionar. Ele passava uma emoção além das melodias de seu violino. Ele sentia aquilo que tocava. E por isso se tornou um dos brasileiros e violinistas mais notáveis,que o Brasil já conheceu.
Todos os relatos dizem,que era um anjo na Terra, e em 2010,ele voltou para sua casa,o Céu! Infelizmente,por negligência médica,e vítima de leucemia.
Mas já era tarde demais para doença. Ele já tinha entrado pra história. E mostrado ao mundo,que os problemas não são NADA quando se tem coragem,Fé e garra pra alcançar aquilo que se deseja.
Hoje sou um artista”.“Tocar violino é superar um obstáculo. Quero ser violinista. Tenho vontade de viajar com a minha música. A música é uma vitória na minha vida”- Diego,o Menino do Violino AzulFontes: <http://taxiemmovimento.blogspot.com.br/2010/04/diego-frazao-torquato-o-menino-do.html>,<http://prvl.org.br/noticias/perfil/a-musica-e-uma-vitoria-na-minha-vida/>,<http://pt.wikipedia.org/wiki/Diego_Fraz%C3%A3o_Torquato>




Jesus Cristo


Vamos tentar algo meio impossível. Fazer uma separação entre a natureza Divina e a natureza humana de Jesus.
Jesus,para mim é o maior homem da história. Não apenas por sua natureza Divina. Mas,principalmente como homem. Ao contrário de nós,ele já nasceu com seu destino traçado. E com um Sonho. Salvar a humanidade.
Como eu já disse. Os Sonhos que temos,são colocados dentro de nós pelo próprio Deus. E o Sonho de Jesus é a maior representação disso.
Jesus sabia que realizar seu Sonho não seria nada fácil. E quando eu digo nada fácil,não queria dizer que ele encontraria dificuldades,apenas. E sim que ele sofreria mesmo. Para alcançar aquilo que ele desejava.
Mas ele,em nenhum momento fraquejou,mesmo passando por tudo que passou,e sabendo de antemão pelo que iria passar,ele permaneceu firme.
Para conquistar seu Sonho. Ele foi tentado,foi traído,foi abandonado pelos amigos,foi humilhado,foi preterido pelo povo,que tanto amava,foi perseguido,acusado e morto injustamente. Mas não desistiu do seu objetivo,mesmo isso significando sua morte.
Não pensem que Jesus,não teve medo. Pois ele teve. Se angustiou,de uma forma que a bíblia descreve como uma tristeza mortal na alma. Até pediu a Deus Pai,que se possível mudasse o destino dele. E pediu isso por três vezes Mateus 38-45.
Mas mesmo que a humanidade de Jesus,clamasse pelo principio fundamental da essência humana. A sobrevivência. Seu Espirito era forte e o Sonho dele não vinha da carne,mas da alma! Assim como nossos Sonhos. Ele aceitou seu destino por Amor a Deus e a humanidade. E graças a seu sacrifício seu maior Sonho se realizou. O homem,teve livre acesso a Deus,graças a seu Sangue. Por isso a Bíblia exorta que sejamos semelhantes a Cristo,em todas as coisas. E perseguir o Sonho como Jesus fez é uma das coisas que devemos nos assemelhar a ele.

Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará?
Romanos 8:24

Essa passagem serve como constatação da realização do Sonho de Jesus.
E essa esperança que a bíblia fala,não é uma esperança passiva. Que espera as coisas acontecerem. E sim uma esperança ativa, como a de Jesus. Que fez o que tinha que fazer,na esperança de realizar seu Sonho. E  é semelhante ao maior homem que já existiu,que devemos ser. Ele provou,que apesar de todas as adversidades.... Podemos voar...essa é nossa essência Divina.


Ademir.L.Júnior

























Poesia- Lenda do Amor

O amor,
causador de profunda dor,
a isso se resume o amor,
com todo o seu furor.

Em todo seu ardor,
de toda angustia é senhor,
é a ilusão de um sonhador,
o Eldorado de um explorador.

Muito foram em sua busca e nunca mais voltaram
Outros,dizem que o encontraram,
certamente grande afortunado e feliz aventureiro
Pois encontraram aquilo que não compra o dinheiro

Mas será que realmente existe o amor?
 (Autor: Ademir Lemos Júnior)


Ademir.L.Júnior

domingo, 25 de agosto de 2013

Olhando para os Sonhos



Toda noite sonho com seu olhar. Todo dia, não paro de pensar. Em você e em seu olhar - Ana Carolina

O segredo é olhar para o Sonho,e correr atras sem medo dos obstáculos ( Rafael Silveira)

Sonho lindo que se foi
Esperança que esqueci
Foi por medo de perder
Que eu perdi- (Roberto Carlos)


Sonhar mais um sonho impossível
Lutar quando é fácil ceder
Vencer o inimigo invencível 
Negar quando a regra é vender - (Maria Bethânia)

— É pecado sonhar?
— Não, Capitu. Nunca foi.
— Então por que essa divindade nos dá golpes tão fortes de realidade e parte nossos sonhos?
— Divindade não destrói sonhos, Capitu. Somos nós que ficamos esperando, ao invés de fazer acontecer. - (Dom Casmurro-Machado de Assis)


Olá,amigos!
Estava refletindo,sobre a vida. E sobre sonhos...e quando digo sonhos,não são apenas aqueles sonhados enquanto dormimos. Apesar de acha-los também,muito interessantes. Mas o tipo de sonho que vos falo,é aquele que sonhamos acordado,que nos fazem flutuar sem que seja necessários fecharmos os olhos.
Será que existe dom mais belo do que os sonhos? Almejar algo,de tal forma,a ponto de ser palpável,mesmo sem ainda estar materializado. É uma das coisas mais belas que existem....Mas eis a pergunta,será que estamos,prontos para colocar em prática nossos sonhos,e tomar uma atitude em direção a realização deles? O caminho é árduo pra realização da maioria dos sonhos...porque os sonhos estão em outro nível,em outra dimensão. Talvez no céu,onde estão as estrelas. Por isso talvez o outro tipo de sonho,venha enquanto dormimos,e é a noite,quando as estrelas estão no céu. Ou pelo menos deveríamos dormir nessa hora.
Mas voltando a falar dos sonhos,que vêm da alma,e não do sono. Esses sonhos,estão lá,esperando para serem concretizados. É para isso que eles existem,é para isso que Deus os colocou em nossos corações.
Chegar até eles,como eu disse antes,é muito difícil e acredito que por isso a maioria das pessoas abdica desses sonhos. Chegar até o céu para alcança-los é muito complicado,e envolve riscos. Uma queda,um vacilo,pode colocar tudo a perder,e então o sonho que era improvável,se torna impossível! E então aquele sonho,pode se perder para sempre....
Mas não é nisso que devemos pensar. Certa vez um professor me disse: O seu medo de perder,consome toda sua vontade de vencer. E essa é uma verdade universal! Se você se preocupa em não perder,não sobra espaço para se preocupar em vencer. É preciso entender,que se você arriscar,tem a possibilidade de perder. Se você não arriscar,com certeza irá perder,talvez mais tarde,mas a perda será inevitável!
Nossos sonhos precisam da nossa ousadia para serem alcançados,ele são como bebês na barriga de suas mães. Esperando a hora de nascer.... não é recomendado que se precipite o seu nascimento. Mas pior ainda,e mais fatal,e deixar que se passe da hora de nascer. E os sonhos seguem o mesmo principio.
Nem sempre os sonhos acontecem do jeito que pensamos,que projetamos,mas através da nossa Fé e da nossa atitude em direção a eles. Com certeza se tornaram realidade! Mesmo que não sejam como projetamos,sua essência será mantida. E então seremos felizes por estar dando a luz ao sonho tão esperado!
Só quem tem o olhar de uma criança é capaz de olhar para um Sonho e vislumbrar sua realização!

Esse mesmo que vos escreve,tem sonhos,tão belos...mas está deixando o medo vencer alguns,e adiando o nascimento desse sonho tão esperado. Mas vamos combinar uma coisa? Deixar a criança,dentro de nós tomar conta,e buscar nossos sonhos. Deixar brilhar no olhar...o olhar de menino(a),a coragem para alcançar o que tanto se almeja. Entregando sempre esses Sonhos nas mãos de Deus. Pois,se vai trazer nossa felicidade,e está dentro da vontade DEle. Com certeza foi ELE mesmo que colocou esses Sonhos em nossos corações!

Alguns dizem, devemos mirar na lua,porque se errarmos estaremos nas estrelas....eu discordo plenamente! Vamos mirar nas nuvens,de lá,vamos mirar no céu,do céu nas estrelas. E então estaremos tão perto da lua....que ela deixará de ser um alvo impossível! Foco é necessário para se alcançar o Sonho!


A primeira disse que queria, ao ser cortada, transformar-se em uma lindíssima caixa de jóias e sentir-se importante em conter dentro de si os mais ricos tesouros que o mundo conhecesse…


A segunda disse, ao ser cortada, queria transformar-se em belo e formoso navio e transportar os mais importantes reis e príncipes.


A terceira disse que não queria ser cortada, queria crescer e crescer em direção ao céu a ponto de tocar em Deus.


O tempo passou e as três foram cortadas…
Muito tempo depois, encontraram-se no “paraíso celestial das arvores” e, conversando, perguntaram o que havia ocorrido a cada uma…


- Você se transformou em uma linda caixa de jóias? Perguntou a segunda à primeira.


- Não, disse a amiga, não foi isso o que me aconteceu. Eu me transformei em uma cocheira, mas sabe que vivi grandes emoções? Um dia, um casal com um recém-nascido entrou na estrebaria em Belém, onde me guardavam, e repousaram a criancinha sobre mim. Naquele exato momento, senti que abrigava a maior de todas as jóias.

- E você – perguntou a primeira à segunda – se transformou em um grande navio e transportou os mais importantes reis e príncipes?


- Não! Fui convertida em uma singela canoa de pescadores, mas sabe que também tive grandes emoções? Um dia, estávamos no meio de uma tempestade, quase indo a pique, e um moço muito bonito levantou-se e disse: “Águas e ventos, serenai”. E as águas e os ventos serenaram. Pensei “ Quem será este ao qual até a natureza obedece? Deve ser o maior de todos os reis”.


- E você, o que lhe aconteceu? – perguntaram a terceira árvore. – Cresceu tanto quanto queria?


Ela respondeu-lhes:


Os nossos sonhos, de uma forma ou de outra, quando agimos com serenidade, empenho e persistência na sua construção, sempre se realizam. Mas não necessariamente da maneira como a nossa ilusão os idealizou. Realizar a essência é sempre mais importante que realizar a forma.



Ademir.L.Júnior

sábado, 24 de agosto de 2013

Olhando o Tempo....quanto tempo!



Olá amigos....VOLTAMOS!!! hahahahaha
O Blog e o olhos de menino,voltaram. Como eu disse uma vez aqui no blog,o amor verdadeiro,sempre ressurge. E amar,é o que me move por essas linhas! Amar,enxergar o que a vida oferece de mais belo,amar sonhar,amar escrever....amar,enxergar a vida com a inocência e esperança que só um olhar de menino(a) é capaz.
Entre as várias desculpas que poderia dar para justificar o abandono do blog,de certo a falta de tempo,seria a melhor. Mas não é a única....e me incomodaria falar sobre o Tempo. Como falar sobre o Tempo? O que falar sobre essa força da natureza. Obra do Criador,nosso Deus! E que provavelmente,foi criado para ser nosso professor...quem é maior disciplinador que o Tempo? 
Tempo,não podemos vê-lo,mas conseguimos ver,não podemos senti-lo,mas podemos sentir. Capaz de tirar e devolver o olhar de menino. 
Sim,ficou confusa essa frase e isso foi proposital. O Tempo tem o dom de nos confundir. De construir e destruir certezas. Sempre com seus paradoxos,que confundem e fascinam..... Poderia deixar meu lado nerd aflorar agora,mas paro por aqui,por que o proposito não é falar sobre paradoxos temporais. Se mal sou capaz de fazer uma definição coerente sobre o Tempo,quanto mais falar sobre paradoxos temporais!
Acabando essa dissertação,deixo a palavra com pessoas bem mais qualificadas que esse humilde escritor que vos fala.

A  T.A.R.D.I.S NÃO GOSTA DE PARADOXOS!!!!-Dr.Who,Seriado de ficção cientifica mais antigo ainda em exibição.

Quem é esse que passa e insiste em não voltar?
Por que viaja alucinadamente e não posso acompanha-lo

Como detê-lo,convencê-lo a ficar?

Onde encontra-lo,em que lugar há de parar?

Viajante incessante,não traz no rosto gosto ou desgosto.

Apenas demonstra pressa de passar.

Passa às vezes mais rápido,às vezes mais lento.

Dependendo de quem e como o encontrar

Em algum momento cessa,não demonstra pressa.

Mas isso poucos puderam presenciar.

Une a infância a velhice,num leve suspirar.

Liga o ontem ao amanhã,num simples despertar

Quem é esse que passa e insiste em não voltar?

Será que se eu compreender sua essência o convenço a ficar?

Não,não se pode reter o vento,ou congelar o amigo tempo.

A sabedoria consiste na alegria de acompanhá-lo.

Vamos,amigo tempo, me ensine os segredos que guardou.

Mostre-me o que vivi,o que vivo e o que viverei

Se, com a coragem de viajar, sair deste lugar.

Vamos, amigo tempo, me ensine a não mais perdê-lo

e para sempre o acompanhar.



[...] Pois o que é o tempo? Quem é capaz de explicá-lo de maneira fácil e breve? Quem é que possui tanto poder mental a ponto de compreendê-lo e expressar-se com relação a ele? E, no entanto,que é que mais mencionamos em nossas conversas habituais com maior familiaridade e conhecimento do que o tempo? E, por certo, o entendemos suficientemente bem quando falamos dele; entendemo-lo,também,quando em conversa com outra pessoa ouvimos referência a ele. Que é,pois,o tempo? Se ninguém me pergunta,eu sei o que é; mas se eu desejasse explica-lo a alguém que me fizesse a pergunta,simplesmente não seria capaz...''. - santo Agostinho: O homem e o tempo.

Ademir.L.Júnior